CANDID: Chris Pratt chegando no LAX
Postado por Daiane no dia 15.09.2016

Após participar do Toronto International Film Festival e do Venice Film Festival, Chris Pratt foi visto chegando no Aeroporto Internacional de Los Angeles no último dia 12, segunda-feira.

Confira as fotos clicando aqui.

Venice Film Festival
Postado por Daiane no dia 13.09.2016

Depois do TIFF, no sábado, o ator foi direto a outro festival atendendo tanto uma photocall como uma estréia de seu último filme, Sete Homens e Um Destino. Chris chegou à cavalo na premiere e foi direto para os fãs, dando autógrafos e tirando selfies. Desta vez, porém, em vez de verificar o seu relógio no tapete vermelho como ele normalmente faz, Chris sorriu para o público e apontou para o relógio, plenamente consciente de que seus fãs sacaram a referência.

Confira as fotos clicando em um dos títulos a seguir:

Venice Film Festival – Red Carpet

Venice Film Festival – Photocall

We Got This Covered entrevista Chris Pratt e Manuel Garcia-Rulfo
Postado por Daiane no dia 13.09.2016

Chris Pratt e todo o elenco de Sete Homens e Um Destino foram em dois festivais de filmes para divulgação do longa. Durante a passagem, o ator e seu colega de trabalho Manuel Garcia-Rulfo foram entrevistados pelo canal We Got This Covered.

Nossa equipe traduziu e legendou o vídeo. Confira:

Toronto Internacional Film Festival
Postado por Daiane no dia 08.09.2016

Hoje (8), o Festival Internacional de Cinema de Toronto teve seu início, e como já havia sido anunciado semanas atrás, a grande abertura seria feita pelo longa Sete Homens e Um Destino (The Magnificent Seven).

No evento, estiveram presente Chris Pratt, Denzel Washington e grande parte do elenco e equipe que compuseram o filme. É de se esperar que com a exibição tendo acontecido, logo teremos críticas e avaliações profissionais, além de notas no Rotten Tomatoes e IMDb, que são sempre bastante consideradas pelo público.

Clique abaixo para ver as fotos:

Toronto Internacional Film Festival – Press Conference

Toronto Internacional Film Festival – Red Carpet

Toronto Internacional Film Festival – AfterParty

 

InStyle entrevista Chris Pratt
Postado por Daiane no dia 21.08.2016

Para o mês de setembro, a revista InStyle entrevistou Chris Pratt e o elegeu o homem estilo do mês. Na revista, foi falado sobre estilo, cabelo da sua esposa e como foi interpretar em Sete Homens e um Destino. Confira a tradução feita pela nossa equipe.


Do lado de fora do histórico edifício Irving Thalberg no lote dos estúdios da Sony Pictures em Culver City, Califórnia, um arco-íris paira sobre o céu. Ao fim dele, o ouro Chris Pratt. O ator senta, vestindo uma camisa azul celeste de botão, Wrangler jeans, e botas Ariat. O ator parece um verdadeiro cowboy, o que faz sentido já que o mesmo protagoniza o pistoleiro Josh Farraday em Sete Homens e Um Destino (The Magnificent Seven). Seria isso arte imitando a vida? Pratt conduz. “Essas são botas de cowboy eu-nao-sou-realmente-um-cowboy,” ele diz, sorrindo. “Eu interpreto um em um filme.” Mas não é tudo que ele sabe fazer. Com a sequência ansiosamente esperada de Guardiões da Galáxia, além de Passengers, um romance interestelar com Jennifer Lawrence, Pratt continua provando que ele se sente em casa tanto no espaço quanto no ringue. Adicionem também sua estrela recém anunciada na calçada da fama de Hollywood. É oficial. Chris Pratt não é uma mera estrela do cinema. Ele é um acontecimento celestial.

Sobre moda dos anos 90…

Você cresceu no estado de Washington nos anos 90. Kurt Cobain era uma inspiração de estilo para você?

No meu ensino médio, meus pais e eu tínhamos um acordo. Eles pagariam pelo seguro do meu carro ou minhas roupas. Então, escolhi o seguro e eu mesmo comprava minhas próprias roupas. Eu comprava na Thrift store. Tinham muitas doações naquela área então as coisas que eram doadas geralmente eram botas velhas, jeans remendados, mas eu não era meio grunge. Meu estilo era mais tropical, camisetas estilo Havaí.

Sobre trabalhar com Ethan Hawke…

Ainda sobre os anos 90, um dos filmes favoritos da sua esposa é Reality Bites. Foi estranho trabalhar com Ethan Hawke, que trabalhou nesse filme, e crush adolescente da sua esposa?

Anna é maluca por esse filme. Realmente a tocou. Mas ela sempre fala “eu sou muito mais o personagem do Ben Stiller, não o do Ethan.”

Ela é tão opinativa sobre moda quanto sobre pretendentes fictícios?

Ela é sem esforço elegante. Mas quando nos conhecemos, eu acho que ela gostou que eu era um cara que usava bermuda cargo e camiseta. Esse era o meu guarda-roupa básico por um tempo muito longo. Agora eu sou um pouco mais consciente das minhas escolhas. Eu não apenas, passivamente, tenho estilistas colocando o que querem sobre mim. Eu presto atenção.

Peças essenciais do guarda roupa…
Se você pudesse escolher uma peça do seu figurino para seu dia a dia, qual seria?

Provavelmente minha calça. Eu experimentei e fiquei, “o que é isso?” E meu figurinista disse, “é Ralph Lauren.” Não foi como a versão de Daniel Day-Lewis de um filme que tínhamos que ir pra casa pra cagar. Tínhamos trailers. A arma que usei era da época, mas a calça era Ralph Lauren. E eu fiquei com ela.

Qual o item mais essencial de vestimenta, para você?

Minhas botas Ariat. Tem um ótimo cabimento pros meus dedos. E são bem confortáveis aqui [perto do tornozelo].

Sobre suas habilidades secretas…

Além de ser estiloso, você também é conhecido por suas habilidades com cabelos. Como aprendeu a fazer aquela trança francesa?

Minha irmã me ensinou a fazer tranças quando eu era jovem. Então, comecei a fazer no cabelo da Anna à noite… era um ritual bem legal. Mas seu cabelo começou a quebrar e cair no topo do penteado porque ela dormia com ele. Então minha sogra achou que a trança francesa poderia aliviar a pressão. Ela me ensinou quando estávamos no Hawaii gravando Jurassic World.


Voce pode conferir o photoshoot completo em nossa galeria, clicando >>>aqui.

EW Entrevista Chris Pratt e Denzel Washington
Postado por Daiane no dia 12.08.2016

Denzel Washington e Chris Pratt nunca trabalharam juntos antes, e eles nunca estrelaram num faroeste. Portanto, em setembro “Sete homens e um Destino” é uma situação de dois pássaros para apenas uma pedra, para os homens que se tornaram dois dos maiores astros de Hollywood.
Nós conversamos com Washington e Pratt sobre “Sete homens e um Destino” para a nossa estréia do filme, que você pode ler na íntegra na edição desta semana da Entertainment Weekly (EW). Aqui está um pequeno trecho, onde as duas estrelas falam como foi fazer um filme de faroeste.

EW: Vocês já eram fãs de filmes de faroeste antes de assinarem para o filme?

Denzel Washington: Eu realmente não vi crescê-los. Era o fim da era dos filmes de faroeste nos filmes. Eles tinham, qual foi o seriado do Clint Eastwood? Rawhide! Foi incrível. Lembro de alguns dos programas de TV.

Chris Pratt: Eu comecei a assistir o faroeste quando eu estava filmando em Londres cerca de quatro ou cinco anos atrás. Eu realmente me apaixonei por Gary Cooper, e seu material. Isso me puxou para os filmes de faroeste. Antes, eu nunca me envolvia com a história. Eu tinha acabado de entrar e havia homens montados no cavalos em preto e branco.

EW: High Noon é uma história tão incomum.

PRATT: A idéia de que você diria isso a um filme em tempo real. “Cara, se mostre! Uma hora ou outra vamos ter de matar pessoas.” High Noon vem depois, eu gostei desse. Mas eu também gostei de The Westerner.

WASHINGTON: The Westerner? Quem está nesse?

PRATT: Gary Cooper e… estou esquecendo o seu nome, ele é tão grande. Walter Brennan!

[Washington e Pratt simultaneamente tiveram impressões do ícone de Hollywood, Walter Brennan.]

PRATT: Esse é o meu favorito. Eu tenho aquele cartaz pendurado na minha casa porque eu realmente gosto daquele.

WASHINGTON: Qual é aquele do Clint Eastwood, onde ele pinta toda a cidade de vermelho?

EW: Paint Your Wagon?

PRATT: High Plains Drifter! Esse filme é louco! Você viu o filme original de Sete Homens e um Destino, ou Sete Samurais, em preparação?

WASHINGTON: Eu não vi o original. Eu gostava de Sete Samurais, mas eu nunca vi Sete Homens e um Destino, em preparação.

PRATT: “Qual deles é você?” Eu ficava assim.

WASHINGTON: Eu sou o cara preta. “Não havia um lá!” Não posso dizer mais isso! [Risos] A oportunidade de andar a cavalo? Visto tudo preto? Isso foi legal! Você tem que ir direto ao ponto agora. Você não consegue que muitas oportunidades para fazer um faroeste. E seu cavalo! Eu amava o meu cavalo.

PRATT: Seu cavalo amava você também

WASHINGTON: Eu tive um bom cavalo!

PRATT: Você iria aparecer no set, e vocês iriam decolar e sair juntos. Aquele cavalo escutava você. Meu cavalo seria apenas sentar lá.

WASHINGTON: Bem, você tem que – “você tem que,” como eu sou o especialista, eu sou de New York City! – Mas o que eu gostaria de fazer é, eu não iria ficar com ele quando eu o conheci. Eu andaria com ele. Então eu levaria ele para caminhar comigo. Eu pararia, e então ele iria perceber que ele deveria parar onde eu paro. Eu deixaria ele comer, não daria para ele comer, recompensá-lo por coisas. Eles podem sentir-lo. Eles sentem você. Eles sabem se você é uma galinha. Além disso, eles me deram um belo cavalo velho. Você não quer um cavalo muito jovem.

Fonte

 

10 de 35...91011...2030...